Nutrição Clínica

TAPIOCA

19 abr, 2017 Laís Murta
Google

Nos últimos tempos, o ingrediente ganhou cada vez mais espaço no dia a dia das pessoas, substituindo alguns alimentos tradicionais como o pão do café da manhã. O hábito de consumo começou pelos índios, e até pouco tempo era típico e restrito apenas nas regiões norte e nordeste do país, mas hoje a tapioca recebe cada vez mais status de protagonista, e se espalha por todo o país compondo o cardápio do brasileiro.

Por não conter glúten em sua composição e também pela facilidade de preparo, a tapioca está na moda, mas você sabe de onde ela vem? A tapioca é basicamente a fécula da mandioca, conhecida também como goma da mandioca, polvilho doce ou polvilho azedo.

É um produto obtido através do processamento da mandioca e, com isso, acaba tendo um baixo valor nutricional – a tapioca é pobre em vitaminas, minerai e fibras, que são extraídos durante sua produção.

– Por ter poucas fibras, possui alto índice glicêmico. Isso significa que eleva de forma muito rápida nossa glicemia (açúcar no sangue);

– Com isso, estimula a liberação do hormônio insulina no sangue para controlar os níveis glicêmicos, o que tende a favorecer o acúmulo de gordura. Isso pode ser prejudicial para quem deseja emagrecer ou por diabéticos, por exemplo. Ou seja, a tapioca não pode ser consumida em excesso;

– Para minimizar esses efeitos e reduzir o índice glicêmico da tapioca, procure sempre acrescentar algum tipo de fibra na massa, como sementes de chia ou linhaça. O recheio deve ser protéico, pois a proteína também ajuda a reduzir a velocidade de absorção do carboidratos. Uma boa sugestão é rechear a tapioca com ovos mexidos ou frango desfiado, por exemplo;

– Outra dica para amenizar este efeito da tapioca é procurar consumi-la próximo aos momentos de exercícios físicos, como pré ou pós-treino, pois nestes momentos seu corpo estará ávido por captar energia;

– Vale lembrar que a tapioca é bem calórica: 50g de goma (3 colheres de sopa) possuem cerca de 120kcal. Então cuidado em exagerar no tamanho da sua tapioca.

Copyright © 2017 Nutricionista Laís Murta. Todos os direitos autorais reservados

CONTATO, DIGA OLÁ

Nome

E-mail *

Mensagem *

Powered by Blogger.